@tocomfomemae

27 de agosto de 2020

Receita de Esfiha da Família Aluz


Para quem não sabe, parte da minha família veio da Síria. Dessa maneira, o que foi herdado por gerações foram as comidas e paixão por essa culinária. Encontrei no caderno de uma tia avó essa receita de esfiha, um clássico da família. Mesmo seguindo a receita ao pé da letra, é impossível que o sabor fique o mesmo do que as que eram feitas por ela, mas recordar esse tipo de memória é maravilhoso.

Coloquei abaixo a receita com alguns passos mais detalhados.

Nessa receita usamos:
- 50g de fermento biológico fresco
- 1 copo de leite
- 1 colher (sopa) de açúcar
- 1 xícara (chá) de óleo
- sal a gosto
- 500g de farinha de trigo
- gema de ovo para pincelar

1- Aqueça o leite até que fique em temperatura que consiga colocar o dedo por 10 segundos sem queimar
2- Junte o fermento com o leite morno e acrescente o açúcar, o óleo e o sal
3- Adicione a farinha aos poucos e vá misturando até que obtenha uma massa homogênea. A massa é bem fácil de trabalhar e logo solta dos dedos
4- Coloque em uma tigela, cubra com um pano limpo e leve para fermentar por 30 minutos ou até que dobre o volume
5- Divida a massa em bolinhas iguais (aqui considerei 40g para cada esfiha) e deixe descansar por mais 20 minutos
6- Abra a massa, coloque o recheio e faça a dobra triangular (ou se preferir, faça aberta)
7- Pincele uma gema de ovo batida e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC por 20 minutos ou até que esteja dourada

Para o recheio, misture 500g de carne moída, 2 tomates picados, 1 cebola picada, sal e cheiro verde a gosto


Dica: não misture o recheio com muita antecedência ou a carne soltará água e irá molhar a massa da esfiha e abrir durante o cozimento



Nenhum comentário:

Postar um comentário